Informação sobre cistite, causas, sintomas e tratamento da cistite, identificando formas de a diagnosticar, definindo procedimentos para a sua cura. Detalhamos a cistite bacteriana, recorrente e intersticial, com dicas para a sua prevenção.

Tratamento da cistite aguda bacteriana

O tratamento da cistite aguda bacteriana visa aliviar o desconforto causado pela inflamação da bexiga e erradicar as bactérias causadoras, impedindo sua perpetuação ou ascensão até os rins, provocando uma infecção muito mais séria. Alguns casos leves podem resolver-se espontaneamente, embora recomende-se seu tratamento específico para evitar riscos como a propagação da infecção até os rins. A maioria dos casos pode ser tratada ambulatorialmente, sem necessidade de internação hospitalar.
Como medidas gerais, recomenda-se:
  • ingestão abundante de líquidos (dois a quatro litros por dia) para aumentar a diurese e diluir a população bacteriana,
  • micções completas e repetidas para esvaziar a bexiga;
  • evitar ingestão de bebidas irritantes para a bexiga como álcool, refrigerantes e café;
  • abstinência sexual enquanto durar a fase aguda;
  • higiene genital e perineal meticulosas;
  • visitar o ginecologista para tratar possíveis corrimentos ou inflamações vaginais concomitantes.
O emprego de antiespasmódicos, analgésicos e/ou antinflamatórios ajuda a aliviar os sintomas incômodos. O principal item do tratamento é o uso de antibióticos específicos para a erradicação das bactérias infectantes. Muitas vezes se escolhe o antibiótico empiricamente, antes do resultado da cultura de urina, visto que grande  parte das pacientes não tolera a espera pela chegada dos resultados dos exames; precisam ver-se livres, o quanto antes, dos incômodos sintomas da cistite aguda. Em geral, o tratamento medicamentoso é bastante eficiente e consegue o alívio dos sintomas em 24 horas e a cura completa do episódio em mais alguns dias. Quando a cistite aguda é recorrente, naquelas pacientes em que o ato sexual for identificado como fator importante para sua ocorrência, o urologista poderá instituir tratamento preventivo prescrevendo o esvaziamento completo da bexiga após o coito e a ingestão de pequenas doses de antibióticos específicos, logo após o ato sexual.
Índice dos artigos relativos a Cistite
POSTAGENS POPULARES

ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL